29 out 2018

5 estratégias de marketing de sucesso para usar no WhatsApp em 2018

5 estratégias de marketing de sucesso para usar no WhatsApp em 2018
Compartilhe!

5 estratégias de marketing de sucesso para usar no WhatsApp em 2018

Com o anúncio de que o WhatsApp irá a partir de 2019 liberar a publicidade de anúncios em sua função “Status”, empreendedores e profissionais de marketing já se mobilizam para identificar formas de como alavancar vendas e gerar engajamento através do aplicativo, que inegavelmente é fonte de milhões de usuários no mundo todo, consequentemente, potenciais compradores. Mas até que a função seja liberada, saiba como explorar melhor esse público através do aplicativo.

O aplicativo móvel WhatsApp, criado há apenas 5 anos, já tem cerca de 120 milhões de usuários ativos só no Brasil e 1,5 bilhão no mundo todo e é agora a rede social mais utilizada em muitos mercados, ultrapassando oficialmente o Facebook Messenger. Como um mensageiro de bate-papo privado, o WhatsApp permite que os usuários compartilhem mensagens ilimitadas de texto, vídeo e áudio gratuitamente.

Para os profissionais de marketing e vendedores, o WhatsApp tem sido uma oportunidade difícil de quebrar. Sem uma plataforma de anúncios, sem mídia para comprar e usuários não gostando de receber mensagens invasivas de spam de vendas, você precisa trabalhar muito mais para gerar engajamento do consumidor através dessa rede.


A coisa mais importante sobre o WhatsApp é que você NÃO PODE enviar mensagens para consumidores que você não conhece. Você precisa ser convidado pelos consumidores para se tornarem seus contatos.

Com 70% de engajamento diário, todo vendedor ou profissional de marketing precisa aprender as 5 estratégias de marketing para o WhatsApp que podem ajudar você a aumentar sua base de usuários e consequentemente vender mais.

 

1. Crie uma marca envolvente para o WhatsApp.

O WhatsApp é uma plataforma de mensagens pessoais e íntimas, na qual as pessoas conversam com os membros da família, se conectam com amigos e às vezes flertam também.

Qualquer marca que pretenda ser convidada para a minha lista telefônica do WhatsApp precisa se sentir como um amigo dessas pessoas. Portanto, o primeiro passo é criar uma personalidade ou um personagem atraente da marca que represente sua marca com o número do WhatsApp. As pessoas não gostam de conversar com nomes de empresas impessoais.

Essa pode ser uma pessoa real, por exemplo, a marca uWork tem um número de WhatsApp gerenciado pelos gerentes de atendimento ao cliente que estão sempre disponíveis para interagir com os clientes. Muitas vezes, pessoas de negócios ocupadas acham mais fácil interagir com essa pessoa no WhatsApp, trocando fotos de produtos nos quais estão interessadas, esclarecendo dúvidas sobre os serviços, fazendo perguntas e até negociando novas condições de pagamento e entrega. Assim, você tem a oportunidade de adiantar o processo de uma negociação por estar falando diretamente com seu cliente.

A persona também pode ser um personagem fictício projetado para criar interesse e engajamento. Olha só esse caso da Absolut Vodka, eles queriam engajar jovens consumidores com a marca para sua edição limitada Absolut Unique na Argentina. Então eles decidiram dar uma festa de lançamento exclusiva, mas para entrar você teria primeiro que entrar em contato com o “fictício” porteiro Sven, um cara notoriamente difícil de agradar. O número do WhatsApp foi lançado em todas as mídias e publicidade da Absolut e os usuários começaram a enviar mensagens, músicas e até mesmo propostas indecentes ao Sven para entrar. Uma vez criada a persona, ela pode ser usada repetidas vezes para diferentes eventos para trazer consumidores. Confira o vídeo promocional desta campanha.

 

 

Dica - Certifique-se de que o número e persona do WhatsApp sejam claros em todas as mídias em que sua marca estiver presente - TV, Impressos, E-mail, Internet, Redes Social, Buscadores.

 

2. Ofereça ótimo valor para construir uma lista de contato de telefone dos clientes.

O WhatsApp permanecerá livre de anúncios até 2019, portanto, para criar uma base de usuários, você ainda precisa oferecer algo valioso em troca do número de telefone deles. Quando falamos de valor, não se trata especificamente de preço, mas principalmente, de entregar algo que agregue ou ajude sua audiência em resolver um problema ou sanar uma dúvida. Claro que pode ser também uma promoção, um brinde, um serviço gratuito ou informações valiosas.

Um ótimo exemplo disso é a Deli Police. Percebendo a facilidade e a popularidade do WhatsApp, eles decidiram criar um número anticorrupção do WhatsApp e colocá-lo em todas as suas mensagens tradicionais impressas e externas. Tudo o que os usuários precisavam fazer era enviar imagens ou vídeos de policiais que não cumprissem seus deveres ou aceitarem subornos, isso é muito comum em alguns países. No dia do lançamento, 23.000 mensagens do WhatsApp chegaram, pegando a polícia de surpresa e levando à reserva de 6 policiais sob acusação. Como bônus, a polícia conseguiu um banco de dados de milhares de telefones dos cidadãos de graça.

Outro exemplo vem da marca de maionese da Unilever, a Hellman’s, que queria aumentar o uso de seus produtos em novos pratos no Brasil. Por isso, oferecia aos consumidores uma linha do WhatsApp chamada WhatsCook, onde eles podiam fazer perguntas aos chefs profissionais, obter receitas, compartilhar vídeos de culinária, sempre criando um banco de dados de números móveis. Aqui no Brasil, a campanha foi lançada como #ReceiTweet. Confira no vídeo abaixo:

 

 

Dica: crie uma promoção atraente para que os usuários compartilhem seu número com você. Depois de adicioná-los no WhatsApp, envie-lhes a promoção / oferta que eles podem, então, resgatar e começar o relacionamento com você.

Se você oferece cursos online ou física, deseja promover eventos como palestras e workshops ou vende produtos pela internet, você pode entrar em contato gratuitamente com um especialista em estratégias de marketing da uWork através do WhasApp ou pelos formulários de contato para saber como pode aplicar técnicas de vendas no WhatsApp para seu negócio.

Você pode querer dar uma olhada no curso de publicidade no WhastApp. O WhatsApp Marketing - Express é um curso que te ensina os pilares do uso do WhatsApp para aumentar as vendas da sua empresa. aplicável a qualquer tipo de produto disponível no mercado, seja ele: Produtos digitais, Produtos Físicos, Imóveis, Cursos, Consultorias e Serviços.

 

3. Ofereça sempre gratuito conteúdo que tenha relevância para seu público alvo

 

pessoas conectadas social media

O que você faz depois de começar a criar uma lista telefônica? O WhatsApp tem uma taxa de engajamento de 70%, maior que o Facebook. Isso significa que você precisa oferecer aos usuários um ótimo conteúdo sobre tópicos relevantes para garantir que eles estejam envolvidos com você.

Um grande exemplo disso é o Dr. Amrik Singh, cientista da agricultura na Índia, que criou um grupo chamado Young Progressive Farmers para educar os agricultores sobre métodos modernos de agricultura para o arroz, que usam menos água e obtêm maior rendimento, como as informações abaixo, na remoção de ervas daninhas. Este método permite a um custo muito baixo, uma maneira de alcançar todos os agricultores através de um grupo WhatsApp. Tome cuidado porque o limite de um grupo é de 256 membros e você pode criar até 5 grupos para um número pessoal, assim como os números crescem, é preciso pensar em como administrar um grande banco de dados de usuários do WhatsApp.

A Rádio Interconomia, um canal de rádio e TV de negócios, criou um número de WhatsApp para oferecer aos usuários notícias de negócios gratuitas, entrevistas interessantes e análises de ações dos principais analistas do canal.

 

4. Entregue atendimento rápido ao cliente

 

Atendimento ao cliente

 

O WhatsApp tem uma taxa de abertura de 70%, o que significa que você tem uma exposição quase garantida da sua mensagem se o cliente estiver no WhatsApp com você.

Aproveitando isso, o Banco Santander Bank criou o Open Bank, um serviço de atendimento ao cliente da WhatsApp, onde você pode conversar com o banco, publicar consultas, resolver problemas. Em um teste feito com 17.000 clientes, 99% dos consumidores acharam o serviço muito útil e 98% disseram que continuariam a usá-lo.

A Reliance Brands, que lida com marcas de luxo como Diesel, Kenneth Cole e Zegna, na Índia, ofereceu aos clientes a opção de permanecer engajados com a marca através do WhatsApp. Os consumidores aprenderam sobre promoções, novos lançamentos e informações sobre marcas, como fotos e vídeos. Em alguns casos, a taxa de conversão de consumidores que estavam na lista de WhatsApp das marcas chegava a 80%.

Dica - Certifique-se de ter recursos adequados para lidar com as consultas dos clientes. A pior coisa que você pode fazer é pegar um WhatsApp mas não responder por horas. Garanta que você ou uma outra pessoa, dependendo do tráfego, estarão dedicados ao atendimento e garanta que seu desempenho seja medido de alguma maneira.

 

5. Pesquisa do Consumidor

 

Atendimento ao consumidor

 

Até agora, o WhatsApp não tem sido usado extensivamente para pesquisa, mas oferece uma plataforma fácil de usar, barata e rápida para realizar pesquisas rápidas. Você pode ter um feedback muito mais real dos seus clientes perguntando sobre os serviços ou produtos que você oferece por exemplo. Pergunte sobre os sabores que eles gostam, peça que eles escolham entre as opções que a marca está propondo lançar, entre outras coisas. O WhatsApp também é altamente relevante para conduzir algumas discussões rápidas internamente na sua empresa.

Por exemplo, a Deli Police com seu banco de dados de números agora pode começar a fazer perguntas às pessoas sobre as áreas específicas em Delhi que eles consideram inseguras ou um campus universitário pode realizar uma rápida pesquisa sobre quais novos cursos precisam ser introduzidos. Professores em muitas faculdades já compartilham notas e questionários sobre o WhatsApp e respondem perguntas frequentes.

O custo novamente é mínimo. O tempo é de minutos ao invés de meses. O WhatsApp é imbatível quando você sabe como aproveitá-lo bem.

Basta ter em mente que lançar SPAM para pessoas desconhecidas no WhatsApp é inaceitável, antiético e ineficaz. Em vez disso, use a estrutura de uma persona, uma troca de grande valor, conteúdo e atendimento ao cliente para gerar leads (potencias clientes) e vendas usando o WhatsApp.

Se você acha que este post te ajudou, deixe um comentário para nós e compartilhe com pessoas que você acha que pode ajudar também!

 

Compartilhe!